12.12.14

Peer Gynt, O Imperador de Si-Mesmo




Peer Gynt: um homem que não buscava nenhuma verdade senão a própria; que não tinha nenhum compromisso senão com ele mesmo. E que só buscava um caminho: o da glória. Conheça esse cativante herói sem princípios; esse aventureiro sedutor e sem limites. O Macunaíma da Noruega. Fonte: Skoob.




Peer Gynt é a personagem principal do livro homônimo de Henrik Ibsen. Logo nas primeiras páginas, pode-se perceber que Gynt é altamente mentiroso, conta estórias fantásticas a todos e ninguém na vila realmente acredita nele, além de causar certo desgosto à própria mãe, Åse, por suas atitudes. Ele também costuma seduzir mulheres e até mesmo ameaçá-las de maneiras esdrúxulas para conseguir o que deseja, e se apaixona justamente pela única que sempre diz não.

Depois de certos acontecimentos, ele é expulso da vila e os fantasmas de ações passadas começam a atormentá-lo das mais diversas maneiras. Gynt tenta fugir de tudo isso indo para longe, chegando na África, passando pelos Estados Unidos e construindo uma fortuna no caminho através de suas mentiras e patifarias, até que um dia ele é sabotado por pessoas que discordam de seus meios e acaba ficando sem rumo.


As ilustrações de Sérgio Palmiro, embora poucas, dão um aspecto bonito ao livro.

A verdade é que há muito sobre o que se falar desse livro, mas eu não sou muito boa com análises, então vocês terão que ficar contentes com a minha opinião:

Gynt é o típico filho da mãe que todo mundo odeia, e o final do livro é simplesmente enfurecedor, ao menos para mim. Ainda assim, vale a pena ler pois o livro completo é uma obra maravilhosa e as situações pelas quais a personagem passa conta com várias aparições de criaturas folclóricas da Noruega, além de diálogos surreais com uma pitada de insanidade. O livro possui apenas 102 páginas (Scipione, 1985) e a tradução de Ana Maria Machado é bem fácil de ler.

Esse é o meu primeiro post sobre livros, espero não ter ficado muito mal feito, risos.

19 comentários

  1. Fiquei com vontade de ler por que me indentifiquei com o personagem. Sabe, de filho que toda mãe odeia, acho que me identifico bastante, também curti bastante as ilustrações, e ele é bem antigo né? Eu curto livros antigos, mais do que essas modinhas de A culpa é das estrelas e etc. Enfim, vou procurar aqui pra ver se acho, Maria.

    Tô seguindo o blog! Vem conferir o meu também, se poder. Sobrelentes.blogspot

    ResponderExcluir
  2. Ora, ora, veja quem ressurgiu das cinzas! EU! *risada maléfica*

    Ai, Maria, estou atrasada com os comentários no seu blog, mas minhas últimas semanas tem sido as piores. Eu leio tudo o que você publica (nos dois blogs) pois te adicionei aos meus feeds, mas acabo deixando os comentários acumularem. Enfim, depois de terça-feira acredito poder voltar à boa e velha rotina!

    Sobre o post: ainda não conhecia esse livro! "O Macunaíma da Noruega" me parece um personagem difícil de gostar, então talvez eu me irrite com a leitura. É difícil levar um livro quando você não gosta e não torce pelo personagem principal (vide a batalha que foi ler Comer, Rezar e Amar, só pra citar um exemplo). De qualquer maneira, achei válida a indicação, principalmente por se tratar de literatura norueguesa, da qual não conheço nada.

    Um beijo!

    p.s.: achei super adorável a descrição que fez do meu blog no blogroll! ♥

    ResponderExcluir
  3. É seu primeiro post sobre livros? Achei ele ótimo! Mas fiquei com um pé atrás quanto ao lê-lo, já que você não gostou do final e tenho o pressentimento que essa história não termina bem pro meu gosto pessoal. u.u A própria história do Macunaíma é uma revolta pra mim - personagem escroto, argh! Ok, eu entendo a ideia do anti-herói, mas ele podia.... sei lá, ser melhorzinho. D:''

    Ainda assim, você ter ressaltado as criaturas folclóricas norueguesas que aparecem no livro foi algo que me chamou a atenção, e acho que eu gostaria de discutir um livro como esse com colegas de curso ou professores da faculdade... vou olhar em sebos e livrarias e ver se acho essa edição, e daí quem sabe leio e te conto o que achei ♥

    Maria, assim que você me avisou da mudança do blog eu o vi, mas acho que nunca comentei - é meu primeiro comentário aqui, se não estou enganada XD O blog mudou de nome, btw? Eu gostei 8D Gostei MUITO do layout também, adorei a fonte que usou nos links ♥ O que mais gostei foram as labels, achei lindo e organizadinho *w* Também dei uma olhada nas páginas internas e adorei o desenho no se perfil - você quem fez, ou ganhou?

    Aproveitando que estou aqui, vou responder seus dois comentários 8D que eu enrolei demais e agora estou semanas atrasada, hahahaha!

    Primeiro, acho que layouts natalinos não deveriam ser um must a não ser que você goste muito D: pois ele só fica um mês - SE você o coloca no início do mês. Conheço muita gente que nunca fez um - na verdade, hoje em dia eu sou A sra. exceção com o meu layout XD E fique sabendo que o único problema com o cartão de natal é mesmo seu endereço indefinido, porque e adoraria te enviar um sem precisar de nada em troca <3 talvez a gente deva trocar cartinhas quando você estiver estabelecida! Que tal?

    Sua explicação pro animo dos meus professores foi bem lógica e convincente, e seria ainda mais se eu não os conhecesse e soubesse que a maioria da aula por obrigação, e não por prazer. XD Grande parte nem SABE dar aula, a gente lê textos e dá seminários aos colegas -qqq

    Espero que agora no BR você possa ir em algum evento ♥ se bem que já ouvi que aí em Curitiba são só os grandes e clássicos, é isso mesmo? o-o Agradeço os elogios e fico nas nuvens de saber que gostou do cosplay *w* pior foi que nós, eu e minha amiga, que desenhamos, cortamos e fizemos tudo, e a mãe dela que costurou XD ele é literalmente o nosso orgulho, hahaha! E acho que você nunca deve desistir da ideia se realmente se interessa, porque é uma satisfação enorme - só precisa guardar um pouquinho de grana e acredite, não sai caro. O meu foi 60 reais no total e reaproveitamos muitas coisas que já tínhamos pra fazê-lo!
    Sobre meu pai, eu diria que ele está bem até demais, bem manhoso e reclamão, hahaha! Faz tudo sozinho, só sente dor ao levantar e deitar por causa das costelas, que foram serradas 8D Agradeço a força e a preocupação, viu?

    E ó eu prometo não perder seu blog u.u/ mesmo que eu não seja a sua leitora mais assídua çwç''

    Beijos Maria, sua queridinha! ♥

    ResponderExcluir
  4. É curto e parece interessante mas não sei se eu conseguiria ler um livro no qual eu odeio o personagem principal. e pelo que você falou ele é bem odiável hahahaha
    Adorei o blog no geral, li uns par de posts, aquele dalek ali em baixo me cativou e tudo mais hahaha

    ResponderExcluir
  5. Parece bastante interessante, a aparição de figuras folclóricas norueguesas me deixou com vontade de ler haha
    A tradução é boa mesmo? Todos os livros que peguei traduzidos para o português eram uma bostinha :( Ele é originalmente escrito em que lingua?

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na época em que foi escrito, as poucas pessoas que sabiam escrever na Noruega escreviam em dinamarquês, então o livro foi escrito num dinamarquês antiguinho, mas muito provavelmente existem traduções para um norueguês simples.

      Excluir
  6. Achei interessante.
    Gosto do folclore dos países europeus, são tão mais legais que os brasileiros kkk

    BEijo
    www.chamedoqvcquiser.com

    ResponderExcluir
  7. Thank You for such amazing information. This is one of the best sites which provide all the details of related topics.
    Examhelpline.in

    ResponderExcluir
  8. Thanks for sharing such great information. This is one of the best sites which provide all the details of relevance to topics.
    careinfo.in

    ResponderExcluir
  9. Thank you for giving us such kind of information. This is one of the best sites having all the informatics details.
    carebaba.com

    ResponderExcluir
  10. Wonderful details great job thanks for sharing with us.
    JEE Main Admit Card

    ResponderExcluir
  11. Thanks for such kind of best details. Really this is very amazing information.
    Examhelpline.in

    ResponderExcluir
  12. Thanks for providing such nice information to us. It provides such amazing information on care/as well Health/. The post is really helpful and very much thanks to you. The information can be really helpful on health, care as well as on examhelp/ tips. The post is really helpful.

    ResponderExcluir